25 de jan de 2010

Santa venceu o Vera Cruz por 2x1 com show de Jackson

Bastou um jogo para o experiente Jackson justificar o investimento da diretoria tricolor. Contratado como principal reforço na atual temporada, o meia comandou a vitória sobre o Vera Cruz, na tarde deste sábado, no Arruda. O placar de 2 x 1 coroou uma estreia que teve direito a gol, assistência e até pênalti cometido. A vitória deixou o Santa na liderança provisória do Pernambucano, com 10 pontos, um acima do Sport, que enfrenta o Central neste domingo, em Caruaru. O resultado também quebrou o jejum que durava desde 12 de abril de 2009, data da última vitória do Santa em um jogo oficial no Arruda (3 x 1 sobre o Petrolina). Joelson, autor do outro gol coral, ampliou a vantagem na artilharia com 5 gols.
A aguardada estreia de Jackson ocorreu logo no início. Com a lesão do volante André Paulino antes dos 10 minutos, o técnico Lori Sandri chamou o experiente meia. Na arquibancada, a resposta da torcida tricolor foi imediata (ao entoar o nome do mais novo candidato a ídolo coral). Em campo, Jackson melhorou o futebol do Santa Cruz. Mesmo sem uma grande atuação individual na primeira etapa, o veterano fez bem aos companheiros.
O habilidoso Élvis passou a ter mais liberdade, por exemplo. O problema foi o excesso de firula. Na descida para o intervalo, Lori Sandri antecedeu via rádio o provável puxão de orelha no jogador. “Estamos jogando de forma errada. Principalmente, porque temos um jogador livre, mas que está querendo dar espetáculo. Primeiro, precisamos ganhar o jogo”, disparou o comandante tricolor, numa clara referência a Élvis.
A ligeira superioridade do Santa deixou evidente o equilibrio no primeiro tempo. Chances de gol foram poucas. O artilheiro do Campeonato, Joelson, e Jackson tiveram as melhores pelo lado tricolor. Já o Vera Cruz teve grande oportunidade no finalzinho, aos 45 minutos, com Misael. Darci fez excelente defesa.
A punição a Élvis viria dentro do vestiário. O garoto Natan voltou em seu lugar para o segundo tempo. Aos 10 minutos, enfim, saiu o gol do Santa. Em excelente fase, Joelson, ou Goelson, como gostam os tricolores, se isolou ainda mais na artilharia do Pernambucano, agora com cinco gols. Ele apareceu oportunista na área para completar o passe de Jackson.
Apesar do gol de Joelson, a tarde seria mesmo de Jackson. Depois de receber passe açucarado do garoto Natan, ele estufou as redes do Arruda pela primeira vez com a camisa tricolor. Festa da torcida no Mundão. Além da ampliação no placar, principalmente por ver correspondida a expectitava criada em torno do seu principal reforço. Pra completar, o protagonista da tarde ainda cometeria um pênalti. Duvidoso. Mas assinalado pelo árbitro. Alcimar cobrou bem e diminuiu a vantagem, aos 25.
Os 20 minutos finais foram dramáticos para os tricolores. Na base da pressão, o Vera Cruz foi em busca do empate. Apareceu então a estrela do goleiro Darci. Com boas defesas, ele garantiu noite de sono tranquila ao torcedor coral. Dormir na liderança era o pedido da vez no Arruda.

Fonte: Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário