23 de ago de 2010

Será a volta do Terror do Nordeste?

Pra mim a fase mais complicada dessa série D era a primeira fase, conhecida como fase de grupos, até mesmo pelos clubes que caíram no grupo coral. CSA um time com certa tradição e de grande torcida. Confiança um time conhecido, tradicional em Sergipe, e o Potiguar que em termo de grandeza, ou nome poderia ser considerado o mais fraco do grupo.

Não sei se pelo trauma do ano passado em que o Santa Cruz foi eliminado vergonhosamente na primeira fase, ou pelo motivo de a fase de grupos ser de pontos corridos, só sei que entre todas as fases da série D a primeira era que eu mais temia.

Enfim, passamos da primeira fase e encontramos pela frente o Guarany-CE, e vejo o Guarany como um adversário mais fraco que o CSA, Confiança e até mesmo o Potiguar, embora o Potiguar não tenha marcado nenhum pontinho nessa série D. Estou me baseando pela tradição do clube, pela grandeza de cada time, afinal não acompanhei nenhum lance sequer desse Guarany-CE na série D 2010.

Acho que o time Cearense tem cara que treme com um Arruda lotado, e esse jogo deverá receber um público acima de 40 mil pessoas.

Vi na Copa do Brasil que esse elenco parece jogar mais bola quando tem uma motivação a mais, e uma competição mata-mata sempre é uma motivação maior que um campeonato de pontos corrido, e principalmente no Santa Cruz que a partir da segunda fase a torcida deve comparecer ainda mais nos jogos.

Foi no formato mata-mata que o Santa conseguiu eliminar o Botafogo em pleno Engenhão.

Enfim, minha confiança voltou quase que totalmente com a classificação coral, e se Deus quiser o acesso a série C é só uma questão de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário